RSS

O Fenômeno-Mirim do pagode!



Gustavo Barreira Lins, mais conhecido como Gustavo Lins, é um cantor e compositor brasileiro nascido em 1986, no Rio de Janeiro, que tem grande destaque no cenário do pagode/samba. Isso porque de maneira precoce, conseguiu, aos 16 anos de idade, gravar o primeiro CD com uma grande gravadora – a Warner Music, além de emplacar vários sucessos nas principais rádios. Compondo e cantando desde os 12 anos, já mostrava os primeiros vestígios de que tinha uma sensibilidade apurada no momento em que começava a rascunhar as suas primeiras letras que falavam basicamente sobre o Amor.


O primeiro grande sucesso que caiu na graça das pessoas foi a música “Pra ser feliz” do CD de mesmo nome. Essa música fantasia o momento em que o jovem ficou com a menina pela primeira vez (é bem capaz de que o personagem seja o próprio compositor, que pode estar se mostrando oculto em suas histórias), no qual mostra como realmente havia se envolvido, falando que para ser feliz tem que amar alguém a ponto de conseguir encontrar essa pessoa até nos próprios sonhos. É uma letra muito bonita e vale muito a pena ouvir essa canção.


Chegando a um número de composições superior a de uma centena, Gustavo Lins já havia chegado em um estágio em que grandes representantes do estilo musical pagode/samba (seja cantores, compositores, produtores e arranjadores) já o conhecia e tinham bastante carisma por ele. Com todos os contatos que já tinha, a vida musical de Gustavo foi lançada na mão de um competentíssimo produtor musical, “Prateado”, que se tornou o guia dele nessa trajetória em meio o mundo artístico, moldando e pincelando cada passo desse jovem.


Mas à medida que ia crescendo o seu grande repertório musical, o sonho também evoluía e, agora, Gustavo Lins almejava que suas composições fossem cantadas nas vozes de outros grandes artistas, que antes era pouco possível devido ao grande número de compositores já então consagrados. Dito e feito! Bocas famosas como Alcione, Belo, Os Travessos e Kelly Key, Exaltasamba, Sorriso Maroto, Boka Loka, Rodriguinho, entre outros, cantaram sucessos produzidos por ele. E o sucesso era tanto que é convidado esporádicamente para fazer parte dos shows.


Em 2006 lançou o primeiro DVD de sua carreira, que carrega em seu repertório grande parte de seus sucessos além da já muito conhecida “Pra ser feliz”, tais como “Qual é”, “Minha princesa”, “Papo Furado” e “Impossível te esquecer” (Que seria o nome dos próximos CD e DVD lançados por ele no mesmo ano). Com um arranjo musical envolvente, Gustavo Lins exibe uma excelente performance no palco e mostra que realmente tem bastante talento para mostrar – como exemplo para os novos compositores, e para buscar respeito com a velha guarda do samba).


O estilo musical está tendendo sempre à beber a fonte dos antigos para tentar produzir as novas artes do cenário do pagode. Diferente de Gustavo, que tende a usar a sua visão de mundo nas suas composições, revelando sucessos cada vez mais inovadores. Será que teremos outros Pagodeiros e Sambistas prodígios tal como ele? Torçamos que sim, pois é necessário para continuarmos eternizando esse ritmo que caracteriza a alegria do povo brasileiro.





André N. Bueno

2 comentários:

André Fantin disse...

Pô, mulek de talento :D

maneiro o blog de vcs, espero que não morra no fim do semestre!

Fiore disse...

Gentem..

Li o Blog de vcs todinho! ;D

e sabe o que achei mais legal..
mesmo que vcs não assinassem..
dava pra saber quem foi que postou o que! ;D

esta muitooo massa.
ja to seguindo
e add na minha bloglista! ;D

amo amo amo!
;**

Postar um comentário