RSS

Do Brooklyn para o mundo: o rap de milhões de dólares.


Se eu te dissesse que Shawn Corey Carter é um multi-milionário do ramo artístico musical, você me perguntaria: quem? Pois essa é uma reação comum à menção do nome verdadeiro de Jay-Z, o astro do rap americano.

Nascido nos guetos do Brooklyn há 40 anos, o cantor construiu uma carreira de sucesso absoluto. Só para constar, ele é hoje mencionado como um dos maiores rappers da história, ficando ao lado de lendas como Tupac e Notorious B.I.G. (já falecidos). Seu sucesso teve grande impulso nos anos 90, quando se juntou a grandes nomes como R. Kelly, Pharrell, Babyface, Mariah Carey, Ja Rule e Jermaine Dupri. No final daquela década, Jay-Z ainda se reuniria com as Spice Girls na faixa "Get Down With Me", chegando ao novo milênio preparado para consolidar seu nome no hip-hop/R&B.

Os anos 2000 foram os grandes explosivos à carreira do rapper. No meio hip-hop, as parcerias são fundamentais, e Jay-Z soube escolhê-las com maestria. Seu nome já estava conhecido, e foi o suficiente para se juntar a cantores como Eminem, 50 Cent, Busta Rhymes, Kanye West, The Neptunes, Timbaland e até mesmo sua então namorada Beyoncé Knowles. Muitos desses artistas já enxergavam o apoio de Jay-Z como essencial na projeção de suas carreiras.

Ao final dessa década, o cantor se encontrava no topo do cenário hip-hop americano. Se tornou o recordista mundial para um artista solo ao emplacar a maior quantidade de CDs na 1ª posição das paradas americanas (no geral, ele perde apenas para os Beatles). Foram mais de 30 milhões de discos vendidos só nos EUA.

Jay-Z estampando a Billboard Magazine.

Se o lado musical já era um fenômeno, o lado empresarial se mostrou ainda mais surpreendente. Jay-Z desenvolveu uma trajetória empreendedora no show buzz, gerenciando carreiras artísticas e comandando grupos e gravadoras. Dentre seus comandos, as bem-sucedidas DEF Jam e Roc-A-Fella Records. Além disso, o rapper criou sua própria marca de roupas, a Roc-A-Wear, que em 2007 foi vendida pela bagatela de 204 milhões de dólares para a Iconix Brand Group. No agenciamento artístico, Jay-Z mostrou sua grande eficiência com as cantoras Beyoncé (atual esposa) e Rhianna. Outras interferências expressivas do cantor foram nas carreiras de DJ Clue e Kanye West, nomes que andam rendendo milhões nos EUA.

Img 1: Jay-Z, Kanye West e Rihanna em setembro deste ano; Img 2: Participação especial na turnê de Mariah Carey, em 2006; Img 3: Se apresentando com sua esposa Beyoncé; Img 4: Anúncio publicitário da Roc-A-Wear;

Um dos maiores rappers da história e um dos mais visionários empresários do mundo hip-hop. Esse é Jay-Z, que, como todo tradicional rapper de sucesso, veio dos guetos para o mundo milionário e ostensivo dos raps, mulheres, carros e diamantes. E, para encerrarmos nesse clima yo' man wazzup, deixemos algumas das parcerias de sucesso que marcaram a carreira do astro.











Rodrigo Alcure.

3 comentários:

darsh. disse...

ô rodrigo, eu gosto tanto do jeito que você escreve, sério mesmo. já te disse isso uma vez num blog lenda que você fez há milenios hahahah

:)

Fiore disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Fiore disse...

CArã.

pra mim,
a melhor parceria dele,
foi com o Link Park!
Ficou fooodaaa demais! ^^


Apagaaa aliii em cima.
EU fui durmir com isso na cabeça
hahahahahhaha
que eu tinha errado de J!
mas nao tinha tido tempo de consertar!

FOI O SONO!
releva
hahaha ;X

droga

Postar um comentário